By

Confiança, portanto

Na mídia e nas redes sociais pululam as notícias dos incêndios florestais que já atingem vários países — Estados Unidos, Portugal, Espanha, etc. Segundo as próprias fontes das notícias estes incêndio parecem ser em proporções ainda não vistas. Por outro lado, das mais variadas partes do globo chegam notícias de catástrofes; ora são furacões, tempestades tropicais, terremotos, vulcões, ameaças de guerra, atentados praticamente cotidianos, etc.

“O que estará acontecendo” — perguntam-se muitos

Qualquer que seja a situação, uma coisa não nos deve faltar: a confiança de que a Providência vela por nós. Mas, dirá alguém: “Há violência, guerras, desregramentos morais por todas as partes. Como se espantar de que as catástrofes não aconteçam? Talvez até sejam um alerta de Deus para que os homens se deem conta de como as coisas estão”.

Esse arrazoado tem muito de verdadeiro, mas de dentro dos próprios incêndios catastróficos nos vem uma lição de esperança:

IMAGENS DE NOSSA SENHORA INCÓLUMES EM MEIO ÀS CHAMAS

Imagem de Nossa Senhora intacta nos incêndios

 As próprias mídias noticiam esses dias um fato — deve haver muitos outros — que não podemos deixar de tomar como um chamado à confiança: num dos grandes incêndios na Califórnia, de maneira inteiramente inexplicável, uma imagem de Nossa Senhora das Graças permaneceu intacta, em quanto ao seu redor tudo era cinzas e restos de vegetação carbonizada.

Quererá a Santíssima Virgem nos indicar que mesmo em meio aos piores problemas, se n’Ela confiarmos, não há o que temer? Mas para que não tenhamos o que temer será que, cada um de nós, estará vivendo de modo agradável à nossa Mãe Celeste? Se por acaso a consciência nos mostra pontos a corrigir, procuramos, realmente corrigir?

Alguém dirá: “Não sinto forças para corrigir-me. Tanto mais que de todos os lados só vejo o que puxa para baixo”. Isso que parece verdade, entretanto não o é. Para as ocasiões especiais Deus quer conceder graças especiais. Para obtê-las, para obter de nos emendarmos de eventuais erros, basta pedir. Jesus, em sua misericórdia disse: “Pedir e recebereis, buscai e achareis” Peçamos, portanto. Tanto mais que pedindo por intercessão de sua Mãe Santíssima seremos atendidos.

Confiança, portanto. Confiança à vista da Imagem de Maria Santíssima incólume em meio às chamas.

 

 

Ilustrações: Arautos do Evangelho, acnsf, photogram, reprodução

9 Responses to Confiança, portanto

  1. Vania says:

    Nossa esse texto veio para mim no momento certo. Onde imperava às incertezas desta vida. De que atitude tomar. JÁ tinha rezado o terço, mas meu coração ainda doía de angústia. Deus nós dá os sinais as vezes nós não vemos. Mas devo CONFIAR, a PROVIDÊNCIA virá. Salve Maria!

    • Adilson Costa da Costa says:

      Caríssima D. Vânia, a confiança é necessária para todos nós que vivemos neste mundo num estado de prova. Rezar o terço, excelente. Um outro auxílio inestimável, em união com a devoção a Nossa Senhora: a devoção a São José. Ele foi o “herói da confiança”, conforme nos ensina Mons. João Clá Dias especialmente em seu livro “São José… quem o conhece?”.

  2. Monica Peixoto Mota Gomes says:

    Obrigado ,depois de ler ,certamente confiarei mais.

  3. Simone Salmaso Borges says:

    Muito simbólico! Que Nossa Senhora continue nos mostrando o caminho a seguir, a confiança que devemos ter nos momentos difíceis.
    muito propício o texto.
    salve Maria!!

    • Adilson Costa da Costa says:

      Caríssima D. Simone, não há o que baste falarmos em confiança e, pelo favor de Nossa Senhora, crescermos nesta virtude. Que ela nos acompanhe sempre.

  4. Sinval Pessoni says:

    É bem o que precisamos, e cada vez mais: CONFIANÇA! Deus é nosso pai e Maria nossa mãe, pedindo ajuda e fazendo a nossa parte Deus nos ajuda a atravessar qualquer dificuldade. Os Arautos estão de parabéns! Jesus e Maria os ajude sempre. Muito obrigado, inclusive pelo video de outro dia. Sinval

    • Adilson Costa da Costa says:

      Caríssimo Sinval, sempre fundados em Nosso Senhor Jesus Cristo que nos diz: “Confiança, confiança, Eu venci o mundo!”. Muito obrigado pelas palavras fraternas de estímulo.

  5. Igor De Lazari Dessaune says:

    Impressionante as palavras de confiança, tão necessárias!
    Que segurança ter em nosso socorro tão boa Mãe
    Sem dúvidas, com Ela não há o que temer!