By

Arquidiocese de Vitória: novos diáconos permanentes

Conforme nos ensina o Catecismo da Igreja Católica, no grau inferior da hierarquia da Igreja encontram-se os diáconos. São-lhes impostas as mãos pelo Bispo, ‘não para o sacerdócio, mas para o serviço’, vinculando-os a ele nas tarefas de sua ‘diaconia’, na vida litúrgica e pastoral, bem como nas obras sociais e caritativas (cfr. CIC, 1569-1571).

Com júbilo deu-se renovado “enriquecimento para a missão da Igreja”, na Arquidiocese de Vitória, com a ordenação de mais diáconos permanentes. Eis a jubilosa notícia trazida pela Gaudium Press.

Vitória – Espírito Santo (Segunda-feira, 06-11-2017, Gaudium Press) A Catedral de Vitória, no Espírito Santo, esteve em festa com a ordenação de novos diáconos permanentes, que escolheram seguir este caminho sem precisar deitar em tapetes enquanto faziam suas orações e entoavam a ladainha invocando todos os santos. O gesto dos escolhidos simbolizou uma entrega total a Deus e de serviço aos irmãos mais necessitados.

Ao serem chamados pelo nome e apresentados pelo Padre Arlindo, Diretor da Escola Diaconal, os 14 candidatos responderam livremente ao chamado. Em seguida, juraram fidelidade ao Arcebispo Dom Luiz Mancilha e à Igreja e receberam a imposição das mãos do prelado.

Em sua homilia, Dom Luiz lembrou que os religiosos poderão encontrar dificuldades em suas jornadas. Contudo, destacou que as relações são os caminhos que podem levá-los à santidade.

Novos diáconos permanentes – Arquidiocese de Vitória

O Arcebispo ainda mencionou alguns vínculos que os novos diáconos permanentes precisam manter, sendo o primeiro deles com o bispo que preside a sua Igreja, com os presbíteros que presidem a sua comunidade e com suas esposas e família. “O diácono tem que empenhar-se para que sua família seja uma pequena igreja”, disse Dom Luiz, que acrescentou: “mesmo na nossa pequenez Deus quer comunicar-se através de nós. Não somos nós que comunicamos é Deus que se comunica”.

Ao final da cerimônia, o Diácono Wander agradeceu a todos em nome do grupo e reafirmou que, durante a caminhada na Escola Diaconal, os escolhidos fortaleceram o sentimento da maturidade sobre o compromisso de dedicarem-se ao serviço da caridade, principalmente aos mais pobres. (LMI)

  •  *  *  *  *  *

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Vitória

……………………………………………

Ilustrações: Arautos do Evangelho, Gaudium Press, aves.org.br

2 Responses to Arquidiocese de Vitória: novos diáconos permanentes

  1. Simone Salmaso Borges says:

    Cada um de nos tem uma vocação. Que esses neo diáconos permanentes possam ser instrumentos de Nossa Senhora na santificação de muitos fiéis.

    • Adilson Costa da Costa says:

      Caríssima d. Simone, é nesta intenção especial que devemos rezar ao Senhor da messe, que misericordiosamente nos envia operários para sua messe.