By

Como receber e usar o Escapulário

1  Qualquer padre tem poder para benzer e impor na pessoa o Escapulário.

2 – Essa bênção e imposição valem para toda a vida, portanto, basta recebê-lo uma vez.

3 – Quando o Escapulário se desgastar, basta substituí-lo por um novo.

4 – Mesmo quando alguém tiver a infelicidade de deixar de usá-lo durante algum tempo, pode simplesmente retomar o seu uso, não é necessária outra bênção.

5 – Uma vez recebido, ele deve ser usado sempre, de preferência no pescoço, em todas as ocasiões, mesmo enquanto a pessoa dorme.

6 – Em casos de necessidade extrema, como doentes em hospitais, se o Escapulário lhe for retirado, o fiel não perde os benefícios da promessa de Nossa Senhora.

7 – Em casos de perigo de morte, mesmo um leigo pode impor o Escapulário. Basta recitar uma oração a Nossa Senhora e colocar na pessoa um escapulário já bento por algum sacerdote.

8 – O Papa São Pio X autorizou substituir o Escapulário por uma medalha que tenha de um lado o Sagrado Coração de Jesus e do outro uma imagem de Nossa Senhora. Mas a recepção deve ser feita com o escapulário de tecido.

Read More

By

Estes jovens estão indo a Jesus pelas mãos de Maria

Monsenhor João Clá, Fundador dos Arautos do Evangelho empenha-se em que seja grandemente difundida a devoção a Nossa Senhora segundo o método ensinado pelo grande São Luís Grignion de Montfort.

O próprio São Luís Grignion nos dá a razão logo no início de sua celebre obra, Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem: “Foi por intermédio da Santíssima Virgem Maria que Jesus Cristo veio ao mundo, e é também por meio dela que Ele deve reinar no mundo”. (1)

Ao longo de sua obra, São Luís mostra como o início deste reino se dá, sobretudo, nos corações e por isso afirma: “Esse tempo — o Reino de Maria — só chegará quando se conhecer e praticar a devoção que ensino”. (2)

 NOVOS CONSAGRADOS EM VITÓRIA

Nesse final de semana 14 jovens fizeram a sua consagração solene, à qual estiveram presentes os pais, parentes e amigos. Unindo-se ao desejo dos filhos em se darem à Virgem Santíssima, os pais tomaram parte ativa na cerimônia, especialmente no momento dos filhos receberem os símbolos da sua entrega a Maria.

A consagração deu-se durante a Missa celebrada pelo Pe. Cristian Bitencourt, encarregado local dos Arautos do Evangelho, o qual abençoava cada jovem, suas famílias e os símbolos que passam a portar: o Rosário e a corrente.

 

(1) São Luís Maria Grignion de Montfort, Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem, 46ª edição, Ed. Vozes, Petrópolis, nº 1, p. 19.

(2) Idem, nº 217, p. 213.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

By

O Carmelo e Fátima

Em Fátima, Nossa Senhora aparece revestida do traje de sua mais antiga devoção: o Carmo. Plinio Corrêa de Oliveira analisa esta síntese entre o mais remoto e o futuro: o Reino Maria.
.
.
.
.
.
.
.

Read More

By

Aquele com quem Deus Se faz um

Tudo quanto foi criado por Deus, no céu e na terra, é ordenado e sábio. Como seria caótico nosso planeta se dele pudéssemos avistar muitos sóis e apenas algumas estrelas! As coisas muito importantes são poucas, e em torno destas se organizam as menores, para que cada uma cumpra sua finalidade.

Sob alguns aspectos, como o sol entre as estrelas, assim é o profeta entre os homens. E do mesmo modo que o astro rei rompe a hegemonia das trevas, o profeta rompe o unanimismo de seu tempo, iluminando o verdadeiro caminho e alertando a respeito dos falsos. Read More

By

Junto a Maria, o segredo da calma

“Ah! quando virá este tempo feliz em que Maria será estabelecida Senhora e Soberana nos corações, para submetê-los plenamente ao império de seu grande e único Jesus? Quando chegará o dia em que as almas respirarão Maria, como o corpo respira o ar? (…) quando chegará esse tempo feliz, esse século de Maria? (…) Esse tempo só chegará quando se conhecer e praticar a devoção que ensino”.(1)

 Qual é esta devoção prenunciativa do Reino de Cristo na terra? Read More

By

Sobre esta pedra edificaremos a igreja

“Sonhe, que Deus realiza” costuma-se dizer quando se tem fé. Foi o que aconteceu. Deus já começou a realizar um belo sonho que nós Arautos do Evangelho sempre tivemos – e conosco, muitos dos que partilham as mesmas esperanças: foi lançada a pedra fundamental da igreja de São José, em Cariacica, na “Grande Vitória”.

O dia amanhecera chuvoso, a dificuldade em conseguir combustível para os automóveis ainda perdurava. E o evento, a tanto tempo marcado e esperado parecia comprometido… para quem não tivesse fé. Read More