By

Dia das Mães: coincidências, afeto e esperanças

A comemoração do Dia das Mães na casa dos Arautos do Evangelho na “Grande Vitória”, Espírito Santo, foi realmente sui generis. Para isso contribuíram várias coincidências: era o dia da Ascensão, em que Jesus, subindo aos Céus, nos deixou Maria por Mãe; era dia 13 de maio, comemoração de Nossa Senhora de Fátima, em cuja aparição nos deixou uma mensagem de maternal esperança; …e era o Dia das Mães, as quais Deus quis fazê-las reflexos da maternalidade de Nossa Senhora.

Os arautos, aspirantes e participantes do Projeto Futuro e Vida organizaram uma especial homenagem às Mães, àquelas destinadas por Deus para nos dar a vida e representar de modo sublime o amor que Ele tem por nós.

Mãe, tão alta e amável é sua missão que até Deus quis ter uma. De fato, tal é a semelhança da missão da Mãe com a de Nossa Senhora, que, quando pequeninos, para nos fazer compreender quem é Ela, nossas mães a chamam “Mamãe do Céu”.

As palavras que nos ocorrem são totalmente insuficientes para expressar o clima de afeto e benquerença que marcaram os vários atos deste dia.

Uma peça de teatro, representada pelos filhos, ressaltou bem a diferença que faz o termos uma mãe. Segui-se a entrega da lembrança: uma bela imagem da Mãe das Mães gravada em azulejo com a frase: “O amor de mãe está sempre em sua primavera”.

Na entrega não faltaram – claro! não podiam faltar – a efusão de afeto recíproco e, muitas vezes, lágrimas. As fotos abaixo deixam ver algo disso.

Nesse ambiente de graças, deu-se  Santa Missa, celebrada pelo Revmo. Padre Christian, EP, cujo sermão entre sábias e tocantes palavras rememorou que a Mãe de Deus fez em Fátima o apelo à conversão e a promessa do triunfo do seu Imaculado Coração.

O Preciosíssimo Sangue de Seu Filho Salvador é a garantia desse promessa! Os frutos da Redenção serão exaltados por toda criação! Os mares, as pedras, as aves, os homens! Toda criatura por Ele transformada louvará o Sangue Bendito que a lavou e, elevada  a um patamar de Graças incalculável, constituirá o Reino de Maria já prenunciado por São Luis Grignion de Montfort.

Uma última homenagem à Mãe das Mães foi a solene coroação da imagem de Nossa Senhora de Fátima.

By

Veneno milagroso

Lin, uma jovem chinesa, casou-se e foi viver com o marido na casa da sogra.

epois de algum tempo não conseguia adaptar-se: tinham temperamentos muito diferentes e o convívio ficava cada vez mais difícil. Lin tinha certos hábitos e a sogra por vezes perdia a paciência. As coisas foram piorando, e a vida tornou-se insuportável, sobretudo para a jovem.

Read More