By

O que é a eternidade?

Numa das palestras de formação um jovem perguntou ao Monsenhor João Clá, Fundador dos Arautos do Evangelho:

— Eu tenho convicção de que existe a eternidade após a morte. Mas não consigo fazer ideia de como pode ser algo que não tem fim.

Mons. João Clá deu uma resposta clara e simples:

Há algumas realidades que nossa inteligência limitada não alcança compreender totalmente, mas pode fazer certa ideia comparando com algo conhecido ⁽¹⁾.

Todos conhecemos o Pão de Açúcar, aquele rochedo grandioso na entrada da baia de Guanabara, com quase 400 metros de altura e 580 milhões de toneladas⁽²⁾.

Imaginemos uma ave hipotética, que viesse de longe e roçasse com o bico no rochedo do Pão de Açúcar, levando assim um pouquinho de pó da rocha. E que essa ave viesse de mil em mil anos fazer o mesmo.

Quando a ave tivesse destruído o Pão Açúcar, a eternidade teria apenas começado!

A Igreja celebra o dia de Todos os Santos e o dia de Finados. Um — o de Todos os Santos — nos remete para a eternidade feliz, a visão face a face de Deus, a eterna bem-aventurança. Outro — o de Finados — um estado passageiro, em que as almas são purificadas para receberem também a bem aventurança eterna.

A Igreja não celebra de nenhum modo outra eternidade. Essa, infeliz. Sobre ela, no Evangelho, Jesus em sua misericórdia advertiu mais vezes do que falou do Céu: o inferno.

E pensar que por tanta bagatela pode-se trocar uma eternidade pela outra…

.
.

⁽¹⁾ Anotações do autor destas linhas, feitas no decorrer das palestras ou após as mesmas. Não são, portanto, palavras literais do Monsenhor João Clá, embora tenha procurado ser o mais fiel possível.
⁽²⁾ Cálculo feito recentemente pelo Instituto Militar de Engenharia, do Exército.

 

Ilustrações: Arautos do Evangelho, Riotur, pixabay

2 Responses to O que é a eternidade?

  1. jose gouveia rolim says:

    quando vc vive é passageiro e ruim o bom será quando vc dessaparecer a eternidade se anunciar, pressupondo que meu corpo guarda uma alma imortal.

  2. Simone Salmaso Borges says:

    E ainda existem pessoas que gostariam de viver para sempre nesse vale de lágrimas. Essas pessoas sequer imaginam o que deve ser o convívio dos bem aventurados na eternidade.