By

Menino Jesus, vem!

Num dos países da Europa Oriental, ainda sob ocupação russa após a II Guerra Mundial, ocorreu um fato, na época muito comentado. Os anos passaram e o mesmo deve ter caído no esquecimento. Lembro-o aqui.

Read More

By

Confiança!

Conheço inúmeras pessoas que leram o LIVRO DA CONFIANÇA (*) e constatei: não há uma que não o considere como um dos livros marcantes em suas vidas.

Há, entre muitos outros, o caso de um jovem de dezesseis anos que recebeu o livro de presente e, ao ler o parágrafo inicial não parou mais até concluir a leitura. Conheço de perto este jovem — agora já homem maduro — e posso afirmar ter sido essa leitura decisiva na sua vida. Aliás, ele mesmo o afirma. Read More

By

O que faço por Ele?

Em várias aparições ao longo de dois anos, a partir de 1673, o Divino Salvador revelou a Santa Margarida Maria Alacoque a devoção ao seu Sagrado Coração. E o que anunciou Ele nessa oportunidade? Punições, ameaças? Quão merecidas seriam! Read More

By

São Carlos Borromeu: o Santo que indicou e percorreu o caminho da Cruz

Ficamos impressionados, ou melhor, movidos à adoração d’Aquele que nos aconselhou a sermos como Ele, que é “manso e humilde de coração”, ao se manifestar não só em sua divina Misericórdia, mas também na sua Justiça, ao reprovar o mal.

Read More

By

Amores inseparáveis

Assim como não é possível separar dois lados de uma moeda, ou o calor do fogo, assim também há dois amores inseparáveis na alma de todo católico digno deste nome: o amor a Deus e o amor à Igreja.

O próprio Nosso Senhor estabelece esta unidade de dois amores num só, ao perguntar a São Pedro, o primeiro Papa: “Pedro tu me amas?”. Ante a resposta afirmativa, Jesus acrescenta, como quem quer uma prova deste amor: “Apascenta as minhas ovelhas”.

Como vê este amor uma grande santa? Read More

By

Dois lados da mesma medalha

É comum encontrarmos na natureza belezas opostas, porém harmônicas. É o encanto de um minúsculo beija-flor ou mesmo de uma joaninha que bem podem estar próximos a um imenso pinheiro ou a uma catarata como a de Iguaçu, ou tendo à noite um céu estrelado em que, de um pontinho brilhante a outro podem distar milhões de anos-luz.


Read More