By

Quando fizerdes isso a algum desses pequeninos…

A generalidade do público tem pouco conhecimento de uma faceta muito própria aos Arautos do Evangelho, pois às vezes vive seu dia a dia um tanto longe das chamadas “periferias existenciais”, ou seja, aqueles que quase nada têm, ou estão longe, pois são da “melhor idade”, ou ainda não tiveram o conforto de um consolo materno — ou paterno —, ou sofrem isolados devido a inúmeras carências.

É em busca dessas “periferias” que os Arautos do Evangelho promovem ações sociais ainda pouco conhecidas, em boa parte porque são feitas por puro amor a Deus e ao próximo.

Entretanto, para que possamos atender muitas outras situações carentes, apresentamos aqui uma pequena amostra de algumas ações sociais já promovidas pelos Arautos. Veja o vídeo. E, depois, ajude-nos a ajudar.

By

“Toda vez que fizerdes algo a um desses pequeninos…”

“Meu Deus, eu quero, mas ajudai a minha vontade”. Esta frase, parafraseada do Evangelho, bem poderia ser a disposição dos atendidos pelo “Projeto AMAR”, entidade da Arquidiocese de Vitória voltada para recuperação de dependentes químicos. Os Arautos do Evangelho, convidados a colaborar, coordenaram um “Momento de espiritualidade” para os atendidos pelo Projeto. Read More

By

“Natal para todos”!

Atendendo ao pedido de nosso Arcebispo Dom Luiz Mancilha, as paróquias da Arquidiocese de Vitória estão realizando neste advento do projeto “Natal para todos”, através de um ato concreto para dar o sentido do natal às comunidades carentes de toda a região metropolitana.

Neste fim de semana, em colaboração com o Pe. Carlos Antônio Conceição, pároco de Bom Jesus, em Novo Horizonte, Cariacica, os Arautos do Evangelho puderam levar a alegria natalina à comunidade Recanto da Beleza.

Foi uma ação missionária gratificante e bem diversificada: música natalina, distribuição de presentes (cestas básicas, roupas e brinquedos) e um alegre convívio na confraternização que se seguiu.

Veja um pouco do que foi realizado na galeria de fotos a seguir.

 

 

By

Visita dos Arautos à Associação e Comunidade Terapêutica Miguel Arcanjo

O Discípulo Amado, São João, no seu Evangelho nos convida à realização de obras de amor ao próximo, como manifestação visível do amor de Deus. Por isto, quando vemos o irmão sofrendo necessidade, devemos, com o coração aberto, amá-los de verdade e com atos (cfr. Jo 1, 17-18). Read More

By

Encerramento da Semana Missionária na Paróquia Bom Jesus, em Cariacica

Coroar a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima significa, entre outras coisas, glorificar o próprio Senhor Bom Jesus, que nos deu Maria como Mãe. Na verdade, quis Ela aparecer em Fátima para manifestar sua misericórdia e bondade e convidar a humanidade à conversão, para que o mundo alcance a paz tão desejada.

Na Terceira Aparição de Fátima, após anunciar os castigos que se abateriam sobre a humanidade pecadora, Nossa Senhora fez uma consoladora promessa: “Por fim, o Meu Imaculado Coração triunfará”.

E, o que significará este triunfo do Imaculado Coração de Maria? Nada menos que o advento do Reino de Cristo por meio de Maria profetizado por diversos santos, de um modo especial, por São Luiz Maria Grignion de Montfort.

Coroar a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima tem, também, este sentido: a fiel acolhida a uma Mensagem e a uma Promessa proferida pelos lábios da própria Rainha do Céu; o desejo ardente de que se estabeleça no mundo, o quanto antes, o Reino do Sapiencial e Imaculado Coração de Maria.

* * *

Para encerrar as Missões para Cristo com Maria na Paróquia Bom Jesus, foi realizada uma Missa solene, presidida pelo Pároco, Pe. Carlos Antônio Conceição, na noite de domingo do dia 15 de março de 2015, na Igreja Matriz de São José, no Bairro Novo Horizonte, em Cariacica – ES.

Não menos solene foi a cerimônia realizada após a Celebração Eucarística: ao som das trombetas, a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima foi coroada pelo Pe. Carlos, que consagrou sua amada paróquia ao Imaculado Coração de Maria.

Por fim, foram abençoados e entregues aos coordenadores os novos oratórios do Apostolado “Maria, Rainha dos Corações”.

By

NA OUTRA PONTA DA VIDA

Fizeram tudo que podiam. Não mediram sacrifícios para cuidar da geração que agora dá vitalidade ao dia-a-dia. No caso de mães, quantas noites perdidas, quanta abnegação para entender o que dizíamos quando éramos bebês. Com que paciência nos ensinaram a andar. Quantas vezes — depois de uma estripulia nossa — mais que o curativo, o que nos aquietava era o carinho materno.

Sendo pais, quantas e quantas horas de trabalho estafante. E umas horas extras para poder comprar o nosso presente de aniversário. E todos os dias, na hora certinha, lá estava ele, pacientemente, à espera de nossa saída da escola. Quantos conselhos… que, na hora foram mal recebidos, mas deles só perceberíamos o acerto quando tivemos de dá-los a nossos filhos.

E eles agora Read More