By

Estes jovens estão indo a Jesus pelas mãos de Maria

Monsenhor João Clá, Fundador dos Arautos do Evangelho empenha-se em que seja grandemente difundida a devoção a Nossa Senhora segundo o método ensinado pelo grande São Luís Grignion de Montfort.

O próprio São Luís Grignion nos dá a razão logo no início de sua celebre obra, Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem: “Foi por intermédio da Santíssima Virgem Maria que Jesus Cristo veio ao mundo, e é também por meio dela que Ele deve reinar no mundo”. (1)

Ao longo de sua obra, São Luís mostra como o início deste reino se dá, sobretudo, nos corações e por isso afirma: “Esse tempo — o Reino de Maria — só chegará quando se conhecer e praticar a devoção que ensino”. (2)

 NOVOS CONSAGRADOS EM VITÓRIA

Nesse final de semana 14 jovens fizeram a sua consagração solene, à qual estiveram presentes os pais, parentes e amigos. Unindo-se ao desejo dos filhos em se darem à Virgem Santíssima, os pais tomaram parte ativa na cerimônia, especialmente no momento dos filhos receberem os símbolos da sua entrega a Maria.

A consagração deu-se durante a Missa celebrada pelo Pe. Cristian Bitencourt, encarregado local dos Arautos do Evangelho, o qual abençoava cada jovem, suas famílias e os símbolos que passam a portar: o Rosário e a corrente.

 

(1) São Luís Maria Grignion de Montfort, Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem, 46ª edição, Ed. Vozes, Petrópolis, nº 1, p. 19.

(2) Idem, nº 217, p. 213.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

By

12 novos apóstolos

Certa vez Santa Teresa de Jesus dirigia-se a uma cidade onde pretendia fundar um novo convento carmelita. Em uma pequena parada para refazer as forças encontrou uma pessoa conhecida sua que lhe perguntou:

— Madre Teresa, para fundar um novo mosteiro a senhora já deve ter os recursos financeiros e outros, não?

— Tudo o que tenho é essa moeda — e mostrou-lhe a única moeda que levava consigo.

— Mas… Madre, a senhora quer fundar um convento só com essa moeda? Read More

By

Anchieta e as Bem aventuranças

Para nossa época acostumada às facilidades das viagens aéreas, ir a pé de São Paulo à Bahia parece impossível, ou pelo menos de uma tal dificuldade que nem se cogita em tentar.

Entretanto esse percurso foi realizado a pé várias vezes pelo Pe. Anchieta, o melhor, São José de Anchieta. E não havia estradas; era preciso abrir caminho pela mata virgem, atravessar rios, enfrentar índios e feras, dormir ao relento etc. Read More

By

Lágrimas: sinais da Providência?

Transcorridos 100 anos das aparições de Nossa Senhora em Fátima, muitos esperavam alguma manifestação sobrenatural da Mãe de Deus que confirmasse as anteriores advertências feitas em 1917 aos três pastorinhos, Lúcia, São Francisco e Santa Jacinta.

Não tendo o mundo dado ouvidos aos pedidos feitos então, era de se esperar algo que sacudisse a consciência desta humanidade pecadora e adormecida que nenhum aviso do Céu parece ser capaz de despertar.

E, se os homens não se importam com as advertências vindas do Alto, também Deus parece ter voltado as costas para este mundo, deixando que os acontecimentos corram por si, arrastando a civilização contemporânea para um futuro incerto e pouco auspicioso, em meio às convulsões do caos, das guerras e da violência.

Tal situação tem levado muitas almas a se perguntarem angustiadas se não teria Deus abandonado o mundo à sua própria sorte. Mais terrível que os estertores do caos contemporâneo é, para essas almas, esse aparente silêncio da Providência, ausentando-se do curso dos acontecimentos.
As lacrimações inexplicáveis de imagens da Santíssima Virgem e de São José ocorridas na Costa Rica e na Guatemala, bem podem ser desses sinais da Providência? Porém, Deus, que é o verdadeiro senhor da História, tem os seus desígnios insondáveis e espera pacientemente a hora mais adequada para intervir. Umas vezes, o faz através de fenômenos naturais, outras por meio de fenômenos sobrenaturais. É preciso, pois, estar atento aos sinais dos tempos.

Foi assim que, recentemente, no dia 25 de abril p.p, na Casa de Formação dos Arautos do Evangelho, em S. José Pinula, nas proximidades da cidade da Guatemala, cerca das 15h30 um jovem aspirante da instituição constatou com surpresa que dos olhos virginais da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima corriam abundantes lágrimas.

Imediatamente correu a chamar os seus companheiros de estudos e o superior da casa, que constataram igualmente surpresos o inexplicável fenômeno, de cuja origem sobrenatural ninguém duvidou.
De si, o fato já é completamente extraordinário. E se tivesse ficado por aqui, já seria suficiente para comover o coração de qualquer fiel. Mas os sinais do Céu não pararam

Também em San José, da Costa Rica, na Casa dos Arautos do Evangelho, se repetia idêntico fenômeno. Uma imagem peregrina começara a verter abundantes lágrimas.

O jovenzinho que primeiro presenciou o fenômeno foi chamar o seu encarregado, avisando-o do ocorrido. E advertiu-o de que outra imagem iria também verter lágrimas. E que na Guatemala idêntico fato ocorreria igualmente.

Ante a constatação dos fatos perguntaram a esse jovem aspirante como sabia com tanta certeza do que se estava passando. Ao que ele respondeu que era uma senhora muito bondosa que lho dizia.

Uma extraordinária lacrimação ocorreu também num quadro da Mãe do Bom Conselho no dia 26 de abril, celebração da sua festa litúrgica, também na Costa Rica, na casa dos Arautos do Evangelho, e na Guatemala uma imagem de São José verteu copiosas lágrimas.

Na Espanha, foi uma pequenina imagem de Nossa Senhora de Fátima, adquirida no Santuário de Fátima, em Portugal, por uma menina que frequentava os programas de formação do ramo feminino dos Arautos de Evangelho, que durante a viagem de regresso verteu lágrimas de sangue.

No total, são já 11 imagens que derramaram lágrimas em abundância.

As fotos que aqui são publicadas são mais eloquentes do que qualquer discurso, pelo que deixamos por conta do perspicaz leitor a interpretação de fenômeno tão extraordinário e único na história contemporânea. Que uma imagem vertesse lágrimas, já no passado se tinha visto em não poucas circunstâncias. Mas que 11 imagens derramem lágrimas quase simultaneamente e dentro da mesma instituição é algo realmente inédito.

Nova e mais veemente advertência ao mundo, às vésperas de celebrar os 101 anos das aparições de Fátima? Mas, não é também um sinal de alento para aqueles que põem sua esperança na Mensagem de Fátima e nas promessas de triunfo do Imaculado Coração de Maria?

Deus, manifestando-se através das imagens de sua Santíssima Mãe e de São José, não está de costas para o mundo, mas faz ouvir de forma mais veemente seus passos na História.

É o Senhor que se aproxima. Felizes daqueles a quem o seu Senhor encontrar preparados.

[Veja a galeria de fotos abaixo]

Dados fornecidos pela Agência GaudiumPress (gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/94856-Imagens-de-Nossa-Senhora-e-Sao-Jose-choram-na-Casa-dos-Arautos-do-Evangelho#ixzz5EGRwVLdm)

Ilustrações: Arautos do Evangelho, GaudiumPress.

By

As aparências enganam

Esse é um dito da sabedoria popular, tantas vezes confirmado no nosso dia a dia. Seria válido para quem tivesse a alegria e a graça de conviver com Jesus?

Mesmo com base nos Evangelhos as respostas podem ser desencontradas: para uns Jesus era apenas “o filho do carpinteiro”, para outros era o Messias tão esperado, o Filho de Deus.

O artigo do Mons. João Clá, Fundador dos Arautos do Evangelho condensado a seguir pode esclarecer o assunto. Read More

By

Autenticidade, fundamento do apostolado

Qual o “segredo” pelo qual alguns têm fruto no apostolado que fazem e outros não têm?

O “segredo” é revelado pelo Mons. João Clá, EP, Fundador dos Arautos do Evangelho, no texto que damos a seguir (1).

Read More