By

Aos que estão mais perto da eternidade, um especial olhar!

Quando algum de nós, sendo jovem ou já tendo completado algumas primaveras, por qualquer motivo entra em uma casa destinada a abrigar idosos, nos vem à mente uma lição que a dura experiência da vida nos ensina: a gratidão é a mais frágil das virtudes.

Cada um dos que ali se encontram traz consigo uma história, assaz longa, e que constitui o drama que é a vida de todo ser humano neste vale de lágrimas. Alguns se encontram ali por já não terem mais parentes, mas, não poucos são os casos em que não é o tempo – implacável – o motivo do afastamento, e sim a ingratidão; são as vítimas do esquecimento e da negligência dos que foram outrora objetos de carinho e dedicação. E se veem postos de lado na fase da vida em que mais necessitam de apoio e conforto

Nesta difícil situação, constitui um grande ato da caridade levar-lhes uma palavra que visa incutir-lhes a esperança da vida eterna no Céu, onde cada sofrimento, suportado por amor a Deus, será recompensado com largueza.

No mês de dezembro alguns cooperadores dos Arautos do Evangelho realizaram uma visita ao Abrigo à Velhice Desamparada Auta Loureiro Machado (Avedalma), em Cariacica, levando o oratório do Imaculado Coração de Maria cada um dos idosos e idosas, inclusive aqueles que se viam impossibilitados de saírem de seus leitos.

Não raras vezes a recepção dava-se com a face banhada em lágrimas, pois sentir-se lembrado por mais alguém é emocionante em qualquer fase de nossa vida, ainda mais quando nos aproximamos da Eternidade.

By

Futuro e Vida na Escola Municipal Aureníria Corrêa Pimentel

No dia 23 de Agosto o Projeto Futuro e Vida beneficiou com suas atividades musicais os mais de 400 alunos da Escola Municipal Aureníria Corrêa Pimentel, no município de Serra. Veja as fotos:

By

Visita ao Hospital Dr. Pedro Fontes, Cariacica

No dia 10 de Março um grupo de cooperadores dos Arautos do Evangelho fizeram uma visita ao Hospital Dr.Pedro Fontes, em Flexal, Cariacica.

Segue abaixo um pequeno relato da visita:

Logo na chegada nos deparamos com a comemoração do aniversário de 80 anos do sr. Marcelino, um dos internos, e como presente o convidamos para coroar a imagem de Nossa Senhora.

Em seguida iniciamos a visita às três enfermarias onde residem as pessoas com sequelas da hanseníase, sempre acompanhados pela irmã Lúcia, freira redentorista que também reside no Hospital.

Em cada um dos quartos dirigíamos algumas palavras aos doentes e rezávamos uma Ave Maria. Na segunda enfermaria nos reunimos com alguns residentes e funcionários do Hospital e rezamos um mistério do rosário. Era visível a emoção de muitos que ali estavam. A irmã Lúcia nos pediu que fosse explicado aos presentes o que são os Arautos do Evangelho.

A visita foi encerrada com a oração do terço na Capela e um lanche oferecido pela irmã Lúcia e os internos.

Chamou nossa atenção um documento existente na capela. Trata-se de uma indulgência plenária, em artigo de morte, concedida por S.S. o Papa Pio XII a todos os internos da antiga Colônia de Itanhengá, hoje Hospital Dr. Pedro Fontes.

Histórico do Hospital:

“O Hospital Dr. Pedro Fontes, ou Colônia de Itanhenga, foi inaugurado em 11 de abril de 1937 com o objetivo de atender aos pacientes portadores de hanseníase. Por ser uma doença de fácil transmissão (por meio das vias aéreas), os enfermos da época eram levados ao HPF, onde ficavam isolados. Esse era o único método de prevenção e controle da doença até então.

A partir de 1972, época em que foram descobertos a cura e o tratamento para a hanseníase, os hospitais-colônia foram banidos oficialmente em todo o Brasil. Por volta da década de 1980, orientado pelo Ministério da Saúde, o Hospital Pedro Fontes foi reformulado e parou de internar pacientes compulsoriamente. Além disso, também inaugurou o tratamento ambulatorial, estimulou a manutenção da unidade familiar e a reintegração social do paciente.

Hoje, a Colônia de Itanhenga continua tratando pessoas seqüeladas pela enfermidade. Todas elas moram no local como se fosse uma pequena vila do interior.

O ambulatório do hospital, que desde 1972 atende a pacientes dos bairros adjacentes, conta com profissionais médicos de outras especialidades além da dermatologia, como clínica geral, ginecologia e odontologia, todos mantidos pela Secretaria de Saúde de Estado (Sesa).”[Gallery not found]

By

Projeto Futuro e Vida na UMEF Paulo Mares Guia

Projeto Futuro e Vida na UMEF Paulo Mares GuiaCerca de 760 alunos, entre os turnos matutino e vespertino, da UMEF Paulo Mares Guia, em Vila Velha, assistiram no dia 29 de Junho a apresentação da Orquestra dos Arautos do Evangelho.

 Os alunos tiveram, junto com a explicação da arte da Música, uma “aula” de sociologia e história.

Antes da apresentação, propriamente dita, é feita úma breve explicação sobre cada instrumento e seu papel na orquestra, ressaltando, antes de tudo, a importância da harmonia entre as “partes” para o bom funcionamento do “conjunto”. Está feita a introdução para que eles percebam que o respeito e a harmonia entre “docentes” e “dicentes” é uma regra fundamental para sucesso do ensino.

“O Projeto Futuro e Vida tem um objetivo que a educação e os professores desejam: alncançar a tranquilidade para efetuar um trabalho melhor”. Profa. Adriana Sant’anna Horbelt – Português[Gallery not found]

By

Projeto Futuro e Vida na UMEF Gil Bernardes

Projeto Futuro e Vida na UMEF Gil BernardesNo dia 22 de Junho, o Projeto Futuro e Vida promoveu uma apresentação musical para os alunos da UMEF Gil Bernardes, no bairro Alvorada, em Vila Velha. Nos turnos matutino e vespertino, mais de 500 alunos foram beneficiados com esse momento cultural.

Transcrevemos abaixo algumas impressões compartilhadas pelos professores:

“[A apresentação] trouxe alegria, descontração e disciplina; e possibilitou a integração e a participação dos alunos de uma maneira dinâmica e envolvente“. Prof. Hamilton Nunes Ferreira – Matemática

O Projeto causa impacto para os alunos por proporcionar a história da música dentro de um contexto atual e dinâmico”. Profa. Keyla P. Krause[Gallery not found]

By

Futuro e Vida na Vila Olímpica – UMEF Professor Rubens José Vervloet Gomes –

Apresentação dos Arautos do Evangelho na Escola Vila OlímpicaOs alunos da escola Professor Rubens José Vervloet Gomes, mais conhecida como Vila Olímpica, em Vila Velha, assistiram a apresentação musical realizada pela Orquestra dos Arautos do Evangelho neste dia 26 de Abril.

O repertório apresentado foi um resumo histórico da arte musical através dos séculos e contou com a viva participação da platéia juvenil e dos professores. 118

Um dos principais objetivos do Projeto Futuro e Vida, além de proporcionar o contato dos jovens com a cultura, é valorizar a harmonia entre os alunos nesta verdadeira “sociedade” que é a escola.

Entre os períodos matutino e vespertino, cerca de 1200 alunos foram beneficiados com a apresentação.

Veja a opinião dos docentes:

“Os nossos alunos têm uma carência deste tipo de música, e o que foi mostrado, com certeza, trouxe a cada um deles um enlevo espiritual e cultural”. Prof. Alvina Cláudia – História 

” O projeto Futuro e Vida é muito belo. Vale a pena continuar com esse incentivo aos alunos. Eles gostaram muito. O projeto abriu novas possibilidades para eles”. Prof. Fábia – Artes 

“O Projeto é muito bom. A possibilidade de discplinar através da interação e concentração do aluno é um caminho excelente”. Prof. Carla T. do Espírito Santo – História

Veja as fotos.[Gallery not found]