By

Um Presépio com luz, som e movimento aguarda a sua visita

Uma das mais belas formas de celebrar o nascimento do Menino Deus é pela veneração dos presépios. Reproduzindo o local do nascimento de Jesus e os acontecimentos que se seguiram, eles revelam um dos principais mistérios de nossa Fé e nos convidam a contemplar o maior acontecimento da humanidade: “E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade” (Jo 1, 14).

Inspirada pela graça de Deus, abençoada pela Igreja e cultivada pela piedade católica, a montagem de presépios tornou-se uma tradição para homenagear Nosso Senhor Jesus Cristo em seu nascimento.  Nas comemorações natalinas, os presépios fazem parte da piedade dos povos cristãos, com suas características culturais neles inseridas: presépios napolitanos, alemães, espanhóis, orientais…

Nesse espírito de amor ao Deus Encarnado, os Arautos do Evangelho na arquidiocese de Vitória construíram, em sua versão mais atualizada, um presépio com luz, som e movimento, no qual é narrada – com fundo musical, movimentação das peças e jogos de luzes – a bela e apaixonante história do Salvador.

Em uma verdadeira e envolvente Catequese, vai-se meditando na vida de Jesus, Maria e José, desde a Encarnação, passando pelo nascimento do Menino-Deus na Gruta de Belém, até, por fim, chegar à sua gloriosa Ressurreição.

Antes mesmo da chegada de dezembro, no domingo 17 de setembro, o Pe. Hiller Stefanon Sezini – pároco da paróquia de Nossa Senhora de Guadalupe – abençoou o Presépio, após celebrar a Santa Missa. Na ocasião, rogou à Virgem Mãe e a São José que obtenham de Jesus Menino as melhores graças para todos os que assistirem e se beneficiarem de sua contemplação.

Uma pergunta é bem possível que se ponha nosso caro leitor: Por que tão cedo? A resposta é simples: oportunizar às crianças e aos adolescentes que estão no período de estudos e de catequese, a visita ao Presépio, tendo assim ocasião de receber – pelo favor da misericórdia divina – as graças ligadas a essa forma tão apropriada de evangelização.

Venha, caro leitor, você com sua família e amigos, visitar o Presépio dos Arautos do Evangelho e ter assim o coração especialmente aberto para um Santo Natal, a fim de adorar o Menino Jesus nos braços de Maria, sob o olhar cheio de veneração de José.

Adilson Costa da Costa

By

VAMOS A BELÉM

 revoada-pixabay-edit

Para mim foi uma surpresa. Uma agradável surpresa.

Ao entrar na casa dos Arautos do Evangelho aqui em Cariacica —na Grande Vitória —, de uma ampla sala vinham exclamações de alegria, encanto e maravilhamento. E eram em sua maioria vozes infantis. Pareciam vir de um bando de pássaros — bem-te-vis, digamos —, alegres por terem visto o nascer do sol ou um campo florido.

Mas, era muito mais que isso.

Read More

By

CANTATA DE NATAL NA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA

No domingo, 23 de novembro, em que se celebrou Cristo Rei, solenidade que encerra o ano litúrgico, o coro e orquestra dos Arautos do Evangelho de Vitória deram início às tradicionais apresentações musicais de fim de ano.

Os fiéis da igreja matriz de São João Batista, em Cariacica Sede, acompanharam com muita devoção e entusiasmo o repertório que constou de peças tradicionais do Natal –  “Imensa alegria”, “Glória a Deus nas alturas” e “Noite feliz” – além de duas músicas clássicas de Amadeus Mozart que fazem-nos reviver as alegrias desta época tão festiva: “Passeio de Trenó” e “Sinfonia dos Brinquedos”.

O pároco, Pe. Antônio Peroni, assistiu todo o concerto e no fim dirigiu aos fiéis palavras muito belas e inspiradas que demonstraram o carisma de pastor deste zeloso sacerdote.

Outras apresentações já estão agendadas em diversas paróquias da nossa querida Arquidiocese de Vitória, entre em contato conosco e intere-se das datas e horários.

By

ENCANTOS E BÊNÇÃOS QUE ATRAVESSAM OS SÉCULOS

A pequena cidade de Greccio, no centro sul da Itália, estava recoberta pelo alvo manto da neve. Era o ano de 1223. Todos os habitantes, camponeses em sua maioria, encontravam-se reunidos em torno de São Francisco de Assis, que procurava explicar-lhes o mistério do nascimento do Menino-Deus. Eles ouviam com respeito, mas… não davam mostras de terem realmente compreendido.

O que fazer? São Francisco procurou um modo mais didático de explicar aos iletrados aldeões a história do Natal. Mandou trazerem-lhe uma imagem do Menino Jesus, uma manjedoura, palhas, um boi e um burro. Os campônios entreolharam-se, surpresos, mas providenciaram tudo sem demora. Em pouco tempo, o Santo compôs a cena: no centro, a manjedoura com as palhas; no fundo, os dois pacíficos animais. Faltava apenas a imagem do Menino Jesus. Com grande devoção, São Francisco tomou-a nos braços, para depositá-la na manjedoura.

Dá-se então um grande prodígio! Ante os olhos maravilhados de todos, a imagem toma vida e o Menino sorri para São Francisco. Este abraça ternamente o Divino Infante e O deita sobre as palhas da manjedoura, enquanto todos se ajoelham em atitude de enlevada adoração. O Menino-Deus sorri uma vez mais e abençoa aqueles camponeses ali prostrados a seus pés. Poucos instantes depois, havia sobre as palhas uma simples imagem inanimada… Mas na alma de todos permaneceu a recordação viva do Menino Jesus. Ele lhes havia sorrido!

A partir de então, o povo de Greccio montava todos os anos o “presépio de São Francisco”, na cândida esperança de que o milagre se renovasse. Não foram iludidos em sua esperança. Embora a imagem não mais tomasse vida, a Virgem Maria lhes falava especialmente à alma nessas ocasiões, com graças sensíveis. Que graças? As graças próprias à Liturgia do Natal. Só para os aldeões de Greccio?

Não! Em todos os presépios do mundo está presente o Menino Jesus — com Maria, sua Mãe, e São José — à espera apenas de que nos acerquemos para, também nós, recebermos um sorriso e uma bênção. É justamente por este motivo que se espalhou por todo o universo católico o costume de montar presépios por ocasião do Natal.

Assim, os Arautos do Evangelho convidam você e toda a sua família a visitar o artístico presépio, que apresenta de modo vivo e atraente o relato evangélico do Nascimento de Jesus, montado na nossa comunidade em Cariacica.

Rua Esmeralda n.10, no bairro São Geraldo.

Ao lado da Faculdade São Geraldo

 

By

A inocência à busca da Inocência

No dia 25 de dezembro, o Revmo. Pe. Antônio Carlos Coluço EP, celebrou a Missa de Natal na Paróquia Bom Pastor, em Campo Grande.

A cerimônia foi muito abençoada. Durante a homilia, explicou-se a história da redenção, desde o pecado de Adão e Eva até o nascimento do Homem-Deus. O celebrante discorreu também sobre a Graça e a sua importância em nossas vidas dizendo que “nós não somos capazes de realizar atos que estão acima de nossa natureza”, mas a Graça age em nossas almas assim como a luz do sol se filtrando pelo vitral ou o fogo transformando o ferro em brasa.

No fim, após a benção, o Pe. Coluço convidou a todos para se aproximarem e oscularem o Menino Jesus que foi introduzido em solene cortejo. Por mais de meia hora os fiéis, em fila, veneraram a imagem do Menino Deus que nasceu liturgicamente para nós nessa noite santa.

By

Cantata Natalina da Capela Militar Nossa Senhora da Vitória

Os Arautos realizaram no dia 15 de dezembro de 2013 uma apresentação de Natal na Capela Militar Nossa Senhora da Vitória, situada no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Espírito Santo.

Após a Celebração, que fora presidida pelo Diácono Júlio Cesar Bendinelli, os fiéis acompanharam com alegria e devoção cada um dos cânticos de Natal. Coroando esse singelo ato, a entrada do Menino Jesus ao som do Stille Nacht, foi o ápice desta noite abençoada.

Veja as fotos.