By

CRÊ, AMA E CONFIA

anunciacao-metropolitan-museum-ny

Maio é, de todos os meses consagrados pela piedade popular a alguma devoção específica, o mais antigo. Oficialmente reconhecido como o mês de Maria desde há trezentos anos, provém, contudo, de uma tradição que remonta à primeira Idade Média; nos tempos modernos, contou com inúmeros propagadores, entre os quais muitos jesuítas e o famoso São Filipe Néri.

Read More

By

VAMOS A BELÉM

 revoada-pixabay-edit

Para mim foi uma surpresa. Uma agradável surpresa.

Ao entrar na casa dos Arautos do Evangelho aqui em Cariacica —na Grande Vitória —, de uma ampla sala vinham exclamações de alegria, encanto e maravilhamento. E eram em sua maioria vozes infantis. Pareciam vir de um bando de pássaros — bem-te-vis, digamos —, alegres por terem visto o nascer do sol ou um campo florido.

Mas, era muito mais que isso.

Read More

By

Alegria sacerdotal

Nossa Senhora das Alegrias – Vila Velha

Com imensa alegria recebemos recentemente a visita do sacerdote arauto Pe. Wagner Morato, vindo de missões na África, onde a obra dos Arautos do Evangelho encontra-se em franca expansão.

Evidentemente já conhecíamos o Pe. Wagner, mas não tínhamos tido oportunidade de conviver com ele por alguns dias e confirmar o que Mons. João Clá inspira aos sacerdotes arautos: alegria, ânimo, acolhida sempre afável e inspiradora de confiança.

Read More

By

O cristão é alegre, diz o Papa

Após celebrar Missa na Basílica de Aparecida, o Papa recebeu do Cardeal Raymundo Damasceno — Arcebispo de Aparecida — uma réplica da imagem da Padroeira do Brasil.

Dirigiu-se à “Tribuna Bento XVI”, no exterior da Basílica, abençoou a multidão de peregrinos — cerca de 200 mil — e pediu-lhes que rezassem por ele: “Eu peço um favor, rezem por mim. Necessito. Que Deus os abençoe e Nossa Senhora Aparecida cuide de vocês”.

E deu uma notícia:

Read More

By

Agradável convívio…

Como é bom e agradável, os irmãos viverem juntos e bem unidos (Sl. 132,1).” Neste domingo, a grande “família” dos Arautos do Evangelho quis fazer jus às palavras do salmista. E nada melhor do que iniciar a programação com a Santa Missa, que foi celebrada pelo Pe. Arthur Francisco Juliatti dos Santos, vigário paroquial da arquidiocese de Vitória-ES e cantada pelo coro juvenil dos Arautos.

Após a Missa, um almoço repleto de saborosas iguarias deu ocasião a um agradável e afetuoso convívio entre familiares e amigos dos Arautos. Um terço de pedra malaquita foi oferecido pelos jovens ao Pe. Artur, em sinal de amizade e gratidão.

À refeição seguiu-se o animado conjunto de atividades  de domingo com treinos de música, reuniões de formação, catecismo e orações, num ambiente de alegria próprio aos que praticam a virtude e evitam o pecado.