By

Maria, síntese do universo

Quando se observa uma bela pedra preciosa podemos ficar admirados com o fulgor de suas cores, o acerto com que foi lapidada, etc. Porém se esta mesma pedra estiver incrustada, por exemplo, no alto de uma coroa, vemos que ela ganha em significado e se compreende melhor seu valor por ter sido colocada naquele lugar. Na ilustração que abre este post, a pedra preciosa colocada no centro da cruz, no alto da coroa ganhou muito em ter sido colocada ali.

Esse fato material, natural, é por sua vez símbolo de uma beleza especial, já não material, mas espiritual.

(Veja o VÍDEO a seguir)

Read More

By

Para a maior glória de Deus, imitação de Jesus e bem do próximo, nos damos por inteiro na perfeita devoção a Nossa Senhora – Resumo do Tratado (VI)

Pertencer inteiramente a Jesus Cristo, colocar nas mãos de Maria Santíssima o que temos e somos: Eis o ideal apresentado por São Luís Maria Grignion de Montfort a todo aquele que quer se consagrar, sem reservas, ao serviço de Deus e do próximo e, com isso, perseverar no Bem. Qual a natureza desta devoção? Leiamos com atenção este sexto resumo do Tratado.¹

 CAPÍTULO IV

Natureza da Perfeita Devoção à Santíssima Virgem Maria

Esta devoção consiste em nos darmos inteiramente à Santíssima Virgem, para que por ela pertençamos inteiramente a Jesus Cristo. É preciso dar-lhe:

1° Nosso corpo, com todos os seus sentidos e membros;

2° Nossa alma, com todas as suas potências;

3º Nossos bens exteriores, chamados de fortuna, presentes e futuros;

4° Nossos bens interiores e espirituais, que são os nossos méritos virtudes e boas obras passadas, presentes e futuras.

Read More

By

A obra-prima de Deus

Todo grande artista tem um especial apreço pelas suas melhores obras. Sente-se representado na sua criação, vendo nela seus dotes, sua personalidade.

Alguns adquirem uma tão grande relação com suas obras de arte que chegam a experimentar por elas um sentimento semelhante ao de um pai por seus filhos…

Read More

By

Próximo Curso de Consagração: 10 de setembro de 2017

No próximo mês de setembro (2017), terá início a nova turma de preparação à Consagração Solene a Nossa Senhora. A Missa inaugural será no Domingo, dia 3, às 17h, na Comunidade dos Arautos, situada à Rua Princesa Isabel, 701 – Bairro Nova Campo Grande, Cariacica.

Serão realizados dez encontros, aos domingos, às 15 horas, com uma hora e meia de duração, no auditório da Sede dos Arautos.

O Primeiro Encontro do curso será no dia 10 de setembro.

As pessoas interessadas deverão enviar e-mail para [email protected] solicitando a sua Ficha de Inscrição.

Pela graça de Nossa Mãe Santíssima, várias turmas já fizeram esta preparação, durante a qual receberam abundantes graças do Céu. Venha você também participar!

As vagas são limitadas, em função do espaço físico.

 

CURSO PREPARATÓRIO

Consagração a Jesus Cristo, pelas mãos de Maria

(segundo o método de S. Luís Grignion de Montfort)

 

REUNIÃO INAUGURAL: 10/Setembro/2017 – Domingo – das 15h às 16h30

Local: Comunidade dos Arautos do Evangelho (Sede da Grande Vitória – ES)

Endereço: Rua Princesa Isabel, 701– Bairro Nova Campo Grande – Cariacica – ES

Fone: (27) 32358230

Inscrições e maiores informações pelo e-mail: [email protected]

(solicite sua Ficha de Inscrição)

By

Escolha da verdadeira Devoção à Santíssima Virgem Maria – Resumo do Tratado (V)

Existem falsas devoções à Santíssima Virgem Maria? E se existem, no que consiste a verdadeira devoção a Nossa Senhora? Com verdadeira didática, São Luís Maria de Montfort aborda esta interessante e benéfica temática, nos indicando – de forma vigilante – como recusarmos as falsas devoções e abraçarmos com segurança aquela que é verdadeira. Acompanhemos o Santo mariano neste quinto Resumo do Tratado da Verdadeira devoção à Santíssima Virgem.

CAPÍTULO III

Escolha da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem Maria

Sinais da Falsa e da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem Maria

São Domingos recebendo o rosário

Guardemo-nos das falsas devoções. Tenhamos cuidado para não sermos como os devotos críticos, que não acreditam em nada e criticam tudo; os escrupulosos, que temem ser demasiado devotos da Santíssima Virgem, por respeito para com Jesus Cristo; os exteriores, que fazem consistir toda a sua devoção em práticas externas; os presunçosos, que, ao abrigo da sua falsa devoção à Santíssima Virgem, apodrecem nos seus pecados; os inconstantes que, por leviandade, variam as suas práticas de devoção, ou as deixam completamente à menor tentação; os hipócritas, que entram em confrarias e usam as insígnias da Virgem a fim de se passar por bons, e finalmente, os interesseiros, que só recorrem à Santíssima Virgem para ser livres dos males do corpo, ou obter bem temporais.

Read More

By

Jesus Cristo é o fim último da devoção à Virgem Maria, medianeira de todas as graças – Resumo do Tratado (IV)

São Luís Maria Grignion de Montfort deixa claro o quanto Jesus Cristo, o nosso Advogado e Medianeiro de Redenção deve ser o fim último de todas as nossas devoções. Demonstra o quanto Maria Santíssima desempenha a caridosa missão junto a Ele, como medianeira de todas as graças, para que possamos esvaziar-nos de nós mesmos, amá-Lo ternamente e servi-Lo com fidelidade. Eis o que nos traz este quarto resumo do Tratado.¹

CAPÍTULO II

Verdades Fundamentais da Devoção a Maria

Jesus Cristo é o Fim Último da Devoção à Virgem Maria

Jesus Cristo deve ser o fim último de todas as nossas devoções; senão elas seriam falsas e enganadoras. Jesus é o alfa e o ômega, o princípio e o fim de todas as coisas. Não nos foi dado, debaixo do Céu, outro Nome pelo qual devamos ser salvos, senão o Nome de Jesus.

Read More