By

PENSANDO… NAS PRÓXIMAS FÉRIAS

No começo das aulas do segundo semestre ocorreu uma coisa curiosa: os aspirantes dos Arautos do Evangelho recordavam o clima de expectativa que havia… no final do semestre anterior. Apurando o ouvido, alguém poderia ficar intrigado: nos últimos dias de aula uma expressão era repetida inúmeras vezes: CURSO DE FÉRIAS.

Surgem dois “porquês”:

1 – por que tanta expectativa por um curso?

2 – por que essas duas palavras aparentemente contraditórias “CURSO” e “FÉRIAS”?

Nesse curso de férias de que falamos não há quadro-negro (ou branco) e giz (ou “canetão”); o Curso de férias dos aspirantes Arautos inclui viagens culturais (houve grupos que foram às Cataratas do Iguaçu, a Vila Velha — não é a nossa Vila Velha, mas sim um belo conjunto de esculturas naturais no Paraná, formado pela erosão através das eras geológicas —, à Serra catarinense ou fluminense, a parques temáticos como o das Grutas em Minas Gerais e um período de instrutivas e movimentadas exposições ilustradas no complexo educacional dos Arautos do Evangelho em Caieiras, São Paulo.

Peça teatral ilustrando exposição no Curso de férias

Essa últimas exposições só têm um inconveniente: todo mundo quer mais quando terminam. Como são elas?

Os Arautos do Evangelho, tendo bem presente a mentalidade dos jovens da chamada “geração da imagem”, têm obtido êxito no método pedagógico inspirado nas famosas exposições da L’Université des Annales, do início do século XX, para as quais eram convidadas notabilidades da Academia Francesa de Letras. Estes conferencistas — acadêmicos e historiadores — não se limitavam ao uso da palavra, mas convidavam renomados atores da Comedie Française (célebre conjunto teatral de Paris), com indumentária de época, para ilustrar os fatos que narravam e, como fundo, peças musicais do período a que se referiam, executadas ao vivo por coro e orquestra.

Houve participação de centenas de jovens do Brasil e de outros países, e foi realizado no Seminário dos Arautos, localizado em Caieiras (SP), com exposições de temas da Doutrina Católica – como a vida dos santos, grandes fatos da História, Teologia, Liturgia – além de temas culturais, apresentações e exposições sobre arte e música.

Também são utilizados vários recursos como debates, projeções de imagens, vídeos ilustrativos, etc. A música ao vivo é executada pelo coro e orquestra dos Arautos.

Vista parcial do auditório

Com a característica nota comunicativa das jovens gerações, as numerosas perguntas dos assistentes (ou aos assistentes) faziam-nos passar a participantes das exposições e até dos teatros. Tudo isso mesclado num mesmo evento.

É uma maneira de fazer com que o jovem de hoje, por vezes tão pouco adaptado aos moldes atuais da educação formal, tenha interesse e entenda de maneira agradável e atraente os elevadíssimos temas da Santa Igreja Católica, da História e Cultura da Humanidade.

Missa na Basílica Nossa Senhora do Rosário – Seminário dos Arautos do Evangelho

Por tudo isso os aspirantes ansiavam no final do primeiro semestre. Agora já começam a imaginar como serão as férias do fim do ano. Ou, para sermos mais precisos, com o próximo CURSO DE FÉRIAS.

One Response to PENSANDO… NAS PRÓXIMAS FÉRIAS

  1. ana claudia says:

    Salve Maria!
    O curso de férias é extraordinário ajuda muito os jovens na educação e formação é muito bom eles aprendam bastante.
    Salve Maria!
    ana claudia