By

A coroa do Advento

A Santa Igreja, em sua sabedoria, instituiu um período de preparação para o Natal, a fim de compenetrar as almas da importância do acontecimento e proporcionar-lhes os meios de se purificarem para o celebrarem dignamente. Esse período é chamado de Advento.

Advento — adventus, em latim — significa vinda, chegada. Designa a vinda de Cristo à terra, ou seja, a Encarnação, inaugurando a era em que vivemos e, depois, sua vinda gloriosa no fim dos tempos.

A coroa do Advento é tão simples quanto bonita: um círculo feito de ramos verdes. Nele coloca-se uma fita vermelha longa que, ao mesmo tempo enfeita e mantém presos à haste circular os ramos. Quatro velas de cores variadas a completam.

A intenção é produzir nos fiéis uma grande expectativa pela vinda do Salvador, orientando-os para o seu retorno glorioso no fim dos tempos.

Vela verde

Cristo nos aparece, no primeiro domingo, cheio de glória e esplendor, poder e majestade, rodeado de seus Anjos, para julgar os vivos e os mortos e proclamar o seu Reino eterno.

Vela roxa

A Igreja nos convida à penitência e à conversão e nos coloca, no segundo domingo, diante da grandiosa figura de São João Batista, cuja mensagem ajuda a ressaltar o caráter penitencial do Advento.

Vela rosa ou vermelha

Com a alegria de quem se sente perdoado, o terceiro domingo se inicia com a seguinte proclamação: “Alegrai-vos sempre no Senhor. De novo eu vos digo: alegrai-vos! O Senhor está perto”. É o domingo Gaudete (“Alegrai-vos”): a Igreja pede que “a bondade do Senhor seja conhecida de todos os homens”.Os paramentos são cor-de-rosa.

Vela branca

No quarto domingo, Maria, a estrela da manhã, anuncia a chegada do verdadeiro Sol de Justiça, para iluminar todos os homens. É Maria a mais sublime preparação para o Natal.

A forma circular

O círculo não tem princípio, nem fim. É interpretado como sinal do amor de Deus que é eterno, não tendo princípio e nem fim. Simboliza também o amor do homem a Deus e ao próximo que nunca deve se acabar, chegar ao fim. O círculo ainda traz a ideia de um “elo” de união que liga Deus e as pessoas, como uma grande “Aliança”.

Ramos verdes

Verde é a cor que representa a esperança, a vida. Deus quer que esperemos a sua graça, o seu perdão misericordioso e a glória da vida eterna no final de nossa vida terrena.

Convite à esperança e à conversão

O advento tem quatro semanas, cada vela na coroa simboliza uma dessas quatro semanas. No início a Coroa está sem luz, sem brilho, sem vida: ela lembra a experiencia de escuridão do pecado.

À medida em que nos aproximamos do Natal, a cada semana do Advento, uma nova vela vai sendo acesa, representando a aproximação da chegada até nós d’Aquele que é a Luz do mundo, Jesus. Ele é quem dissipa toda escuridão, é quem traz aos nossos corações a reconciliação tão esperada entre nós e Deus e, por amor a Ele, a “paz na Terra entre os homens de boa vontade”.

Com esse tempo de preparação, quer a Igreja ensinar-nos que a vida neste vale de lágrimas é um imenso advento e, se vivermos bem, isto é, de acordo com a Lei de Deus, Jesus Cristo será nossa recompensa e nos reservará no Céu um belo lugar, como está escrito: “Coisas que os olhos não viram, nem os ouvidos ouviram, nem o coração humano imaginou, tais são os bens que Deus tem preparado para aqueles que O amam” (1Cor 2, 9).

.
.

Adaptado de: Pe. Mauro Sérgio da Silva Isabel, EP; Revista Arautos do Evangelho, n º 60, dezembro de 2006, p. 18-19

2 Responses to A coroa do Advento

  1. Letícia Peres says:

    Não conhecia esta explicação. Muito linda! Como é bela a Igreja Católica. Leticia

  2. MUCHAS GRACIAS
    MUITO OBRIGADO ….GRAZZIELLA DIANA