By

Dom Luiz Mancilha visita a casa dos Arautos

Dom Luiz Mancilha Vilela na casa dos ArautosNo dia 2 de Dezembro os Arautos do Evangelho de Vitória rejubilaram-se com uma visita muito especial:  a do Arcebispo Metropolitano.

Dom Luiz Mancilha Vilela assistiu o presépio – que tem sons, luzes e movimentos – e no final deu uma bênção extensiva “a todos os que trabalham neste apostolado e que por aqui passarem, para que possam sair mais cheios de entusiasmo”.

Depois celebrou a Eucaristia onde participaram cooperadores e famílias amigas dos Arautos.

Estas foram as palavras finais da homilia:

“Como é que nós vamos fazer a vontade de Deus? Ouvindo o que Ele quer de nós através da sua Santa Palavra, fortalecendo a nossa casa construída na Rocha que é Jesus! Aí podem vir os ventos… Cristão nenhum ficará sem sofrimento. Que contemplando o Deus-Menino, possamos edificar a nossa casa nEle e assim, nEle e por meio dEle, possamos bendizer ao Pai que está nos Céus e sermos felizes eternamente. Amém”.

Brasão episcopal de Dom Luiz Mancilha Vilela

Terminada a Santa Missa foi oferecido um jantar durante o qual realizou-se uma breve apresentação musical e foi ofertado a Dom Luiz, como símbolo da filial devoção dos Arautos por seu pastor, o seu escudo episcopal entalhado em madeira e policromado, pois comemoravam-se 25 anos de sua nomeação episcopal por João Paulo II. Dom Luiz fez questão de explicar a todos o simbolismo de cada um dos elementos que compõe o seu brasão a começar do ousado lema: “UT PASTOR PASCET” (Qual pastor que apascenta).

Veja as fotos.

[Gallery not found]

By

Missa, música e troca de faixas dos alunos do Projeto Futuro e Vida

10_10_17 (7)No último fim de semana, em meio às inseguranças climáticas, tivemos um apoio direto do Céu. São Pedro nos abençoou com um dia ensolarado e, se não fosse isso, tudo teria literalmente “ido por água abaixo”…

Os Arautos do Evangelho realizaram um exame de graduação de faixa entre os participantes do Projeto Futuro & Vida. Foi um total de 15 jovens que subiram de nível contando com a assistência e até a torcida de seus pais e familiares.

Um dia luminoso amanheceu para servir de quadro para as graças que Nossa Senhora queria pintar nas almas de todos, sobretudo dos que foram a Casa dos Arautos assistir ao evento que não podia começar sem uma Missa. O Revmo. Pe. Velerciano Emílio de Abreu foi o celebrante, e após um sermão rico de ensinamentos, foi dado início a uma breve apresentação musical.

Enquanto as músicas iam sendo tocadas, todos sentiam os bons efeitos da disciplina, alegria, método e prática de algumas semanas de intenso treinamento dos “neo-instrumentistas”. Alguns possuíam apenas um mês de freqüência nas atividades do Projeto Futuro & Vida, e puderam já demonstrar seus dotes e talentos, chegando a arrancar lágrimas da platéia – não por desafinação, mas por emoção em ver seus filhos e etc…

Enfim, depois de alguns minutos de expectativa, começou a esperada troca de faixa. Os aspirantes à graduação demonstraram os golpes básicos, a resistência, concentração e a agilidade tão fundamental para uma arte marcial. Todos participantes foram analisados ponto por ponto, e tiveram dois quesitos peculiares a serem provados: as notas do boletim escolar e uma nota por comportamento em casa. Pontos importantes a serem analisados, pois mais do que a força física vale a mente e o caráter de um homem.

Ao cabo do exame, as notas foram dadas e 15 jovens receberam a faixa correspondente ao grau que almejavam. Seus pais emocionados iam até a Imagem de Nossa Senhora, e colocavam em seus filhos o novo cinturão conquistado.

 Tudo transcorreu com muita suavidade e beleza em meio às bênçãos que Deus queria derramar – desta vez em forma de raios de luz e não de chuva – em cada um que ali estava. Um lanche saboroso, rico de iguarias regionais foi servido a todos, e um ambiente de alegria reinava naquela tardinha que já era noite…

Infelizmente, para variar, as horas não pararam e inclusive contavam com um “empurrão” do fuso-horário que começara naquele dia. São Pedro, do Céu sorria para nós, assegurando que o dia havia sido belo para que todos se lembrassem que mais uma vez rezamos, alegramo-nos e convivemos sob o olhar de Maria Santíssima e seu Divino Filho!         

By

Um típico 18 de setembro

011Após uma típica noite de sexta-feira 17 (e não sexta-feira 13…) eis que um bom sábado 18 seguiu-se com muitas bênçãos de Nossa Senhora. Exatamente às 14:15 iniciou-se a atividade na casa dos Arautos do Evangelho, com a entusiástica aula de defesa pessoal… Depois, após uma rápida aula de música, os jovens integrantes do Projeto Futuro & Vida assistiram uma palestra que tratou sobre como deve ser a esperteza de um filho da luz, tendo como meio de ilustração uma peça de teatro encenada por outros alunos do projeto.

Ao fim da reunião, todos dirigiram-se à capela onde houve a recitação do terço e logo após foram para o refeitório, conviver e comentar as inúmeras impressões que tiveram durante o dia, sobretudo com o teatro que acabaram de ver, alimentando seus conhecimentos sem se olvidar do velho amigo ‘corpo’, saboreando um suculento lanche da tarde…

Assim se passou a típica tarde de sábado 18, que só poderia ser menos típica do que um peculiar domingo 19… Contudo sobre este, ainda não escrevemos nada, uma vez que, faz parte dos costumeiros fins de semana; não ter muito tempo para escrever…

E sobre o dia do Senhor, quem viver verá… com 24 horas de tolerância…

Desejo que Maria Santíssima cubra-nos a todos com seu manto e nos ajude a ser espertos filhos da luz!

By

Rápida, mas abençoada visita.

10_08_23 (32)Dois dias! Foi o tempo que os membros dos Arautos em Vitória puderam desfrutar do precioso convívio com o Pe. Antônio Carlos Coluço EP. Este sacerdote  reside na Itália, mas estando de passagem pelo Brasil veio às terras capixabas para dar auxílio espiritual aos seus irmãos de vocação.

Na noite de terça-feira, dia 24, após diversos trabalhos “apostólicos”, celebrou a Santa Missa na igreja de S. Pedro, Praia do Suá. Durante a homilia mostrou, de modo bem lógico e acessível para todos, o quanto necessitamos da Graça divina e que, portanto, devemos rezar para obtê-la.

No dia segiunte, pela manhã, os arautos receberam de suas mãos sacramentos e instruções religiosas. À tarde foi levado para conhecer um dos locais mais abençoados do nosso estado: o Convento de Nossa Senhora da Penha. Não somente o padre, mas também todos os que tiveram contato com ele, poderão levar boas recordações para casa.

Como dizia aquele provérbio francês, “partir, c’est mourir un peu” — partir é morrer um pouco — a despedida foi o momento mais doloroso, pois antecipou a saudade geral. Porém, doce refrigério era saber que, tanto quem partia, quanto quem ficava se preparava para “mais cristãos atrevimentos.”

Veja as fotos e compartilhe consco das Graças recebidas.

By

Região serrana do Espírito Santo

10_08_20 (35)Nos dias 20 e 21 de Agosto os arautos de Vitória fizeram uma visita à cidade de Domingos Martins, cidade de colonização situada na região serrana do estado, afim de desfrutarem do clima da região. Neste final de inverno o clima na cidade ainda está bastante frio, os termômetros marcavam 6 graus.

A cidade tem muitos aspectos pitorescos. Veja as fotos.

By

Visita ao Parque da Fonte Grande

10_08_14 (13)Os arautos fizeram uma visita ao Parque da Fonte Grande, onde localiza-se o mirante da cidade. Apesar do tempo nublado e da temperatura baixa, pelo menos para o comum dos dias em Vitória, não faltou entusiasmo. Os jovens participantes do Projeto Futuro & Vida tiveram oportunidade de uma maior integração com a natureza… Veja as fotos!