By

São José, o patrono da boa morte

Na Quaresma, especialmente, somos admoestados maternalmente pela Igreja a refletir sobre os últimos acontecimentos que cada um de nós irá inevitavelmente provar: a morte, o juízo, e o Paraíso ou o inferno. Sim: a meditação nos Novíssimos nos estimula a praticar o bem e a evitar o mal!

É por isto que lemos na Imitação de Cristo, a propósito do primeiro dos Novíssimos: “Em todas as tuas ações, em todos os teus pensamentos deverias comportar-se como se tivesses de morrer hoje. Se tua consciência estivesse tranquila, não terias muito medo da morte. Seria melhor evitar o pecado que fugir da morte. Se não estás preparado hoje, como o estarás amanhã?”. ¹

Read More

By

Quem é esta que surge como a aurora?

Assunção de Nossa Senhora
Vitral

Segundo a bela expressão de Santo Antonino, “Deus reuniu todas as águas e chamou-as mar, reuniu todas as suas graças e chamou-as Maria”. Em Maria Santíssima está a plenitude de graças e perfeições possíveis a uma mera criatura.

Desde toda a eternidade, foi-lhe reservado o privilégio de ser concebida livre da mancha original. Privilégio próprio Àquela que geraria em seu seio o próprio Deus feito Homem.

Transcorrida sua vida, o que Lhe aconteceria? Como poderia passar pela morte a Virgem Imaculada, jamais tocada pela mais leve sombra de qualquer falta?

Read More