By

Missões no Espírito Santo

A Cavalaria de Maria, constituída por missionários dos Arautos do Evangelho,
instituída em 2002 por Mons. João Scognamiglio Clá Dias, EP,
tem percorrido o Brasil de norte a sul, para transmitir uma mensagem
de alento e esperança no auxílio da graça divina para a solução
de todos os problemas espirituais e materiais.
A revista “Arautos do Evangelho” deste mês de outubro noticia o trabalho
missionário realizado recentemente no estado do Espirito Santo.¹

 

Brasil: Missões no Espírito Santo

Nos meses de junho e julho, a Cavalaria de Maria realizou missões em diversas cidades do Estado do Espírito Santo. Em Vitória, a Paróquia da Ressurreição (foto 1) recebeu a Imagem do Imaculado Coração de Maria entre os dias 3 e 9 de julho. Numerosos lares e comércios foram percorridos. Também receberam a Imagem Peregrina com grande entusiasmo a Paróquia São Francisco de Assis, em Vila Velha (foto 2); a Paróquia São José de Anchieta, no município de Serra (foto 3); a Paróquia Nossa Senhora da Penha e a Paróquia São João Batista, ambas localizadas no município de Cariacica (fotos 4 e 5). Nesta última, a Sra. Deonizia Meirelles Herzog, que acolheu a imagem em sua residência, comentou: “Eu me senti muito honrada de receber Nossa Senhora em minha casa, uma emoção que não dá para descrever, foi maravilhoso”.

¹ BRASIL: MISSÕES NO ESPÍRITO SANTO. In: Arautos do Evangelho. São Paulo.
Ano XVI. N. 190 (Out., 2017); p.41.

By

Amores inseparáveis

Assim como não é possível separar dois lados de uma moeda, ou o calor do fogo, assim também há dois amores inseparáveis na alma de todo católico digno deste nome: o amor a Deus e o amor à Igreja.

O próprio Nosso Senhor estabelece esta unidade de dois amores num só, ao perguntar a São Pedro, o primeiro Papa: “Pedro tu me amas?”. Ante a resposta afirmativa, Jesus acrescenta, como quem quer uma prova deste amor: “Apascenta as minhas ovelhas”.

Como vê este amor uma grande santa? Read More

By

Maria, síntese do universo

Quando se observa uma bela pedra preciosa podemos ficar admirados com o fulgor de suas cores, o acerto com que foi lapidada, etc. Porém se esta mesma pedra estiver incrustada, por exemplo, no alto de uma coroa, vemos que ela ganha em significado e se compreende melhor seu valor por ter sido colocada naquele lugar. Na ilustração que abre este post, a pedra preciosa colocada no centro da cruz, no alto da coroa ganhou muito em ter sido colocada ali.

Esse fato material, natural, é por sua vez símbolo de uma beleza especial, já não material, mas espiritual.

(Veja o VÍDEO a seguir)

Read More

By

Um Presépio com luz, som e movimento aguarda a sua visita

Uma das mais belas formas de celebrar o nascimento do Menino Deus é pela veneração dos presépios. Reproduzindo o local do nascimento de Jesus e os acontecimentos que se seguiram, eles revelam um dos principais mistérios de nossa Fé e nos convidam a contemplar o maior acontecimento da humanidade: “E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade” (Jo 1, 14).

Inspirada pela graça de Deus, abençoada pela Igreja e cultivada pela piedade católica, a montagem de presépios tornou-se uma tradição para homenagear Nosso Senhor Jesus Cristo em seu nascimento.  Nas comemorações natalinas, os presépios fazem parte da piedade dos povos cristãos, com suas características culturais neles inseridas: presépios napolitanos, alemães, espanhóis, orientais…

Nesse espírito de amor ao Deus Encarnado, os Arautos do Evangelho na arquidiocese de Vitória construíram, em sua versão mais atualizada, um presépio com luz, som e movimento, no qual é narrada – com fundo musical, movimentação das peças e jogos de luzes – a bela e apaixonante história do Salvador.

Em uma verdadeira e envolvente Catequese, vai-se meditando na vida de Jesus, Maria e José, desde a Encarnação, passando pelo nascimento do Menino-Deus na Gruta de Belém, até, por fim, chegar à sua gloriosa Ressurreição.

Antes mesmo da chegada de dezembro, no domingo 17 de setembro, o Pe. Hiller Stefanon Sezini – pároco da paróquia de Nossa Senhora de Guadalupe – abençoou o Presépio, após celebrar a Santa Missa. Na ocasião, rogou à Virgem Mãe e a São José que obtenham de Jesus Menino as melhores graças para todos os que assistirem e se beneficiarem de sua contemplação.

Uma pergunta é bem possível que se ponha nosso caro leitor: Por que tão cedo? A resposta é simples: oportunizar às crianças e aos adolescentes que estão no período de estudos e de catequese, a visita ao Presépio, tendo assim ocasião de receber – pelo favor da misericórdia divina – as graças ligadas a essa forma tão apropriada de evangelização.

Venha, caro leitor, você com sua família e amigos, visitar o Presépio dos Arautos do Evangelho e ter assim o coração especialmente aberto para um Santo Natal, a fim de adorar o Menino Jesus nos braços de Maria, sob o olhar cheio de veneração de José.

Adilson Costa da Costa

By

Pedido de Mãe. Ousaremos não atender?

Em Fátima, em todas seis aparições, Nossa Senhora pediu: “Rezem o terço todos os dias”. Diante de uma tal insistência, de nossa Mãe, porque é Mãe de Jesus ousaremos não atender? Tanto mais que o complemento da frase da Santíssima Virgem é: “para obterem a paz no mundo e nas famílias”.

Temos um mundo em paz? O geral das famílias não se encontra muitas vezes em situações difíceis, e lhes falta a paz? Por que então não atender o pedido cujo cumprimento nos traria a paz? As considerações que seguem podem nos ajudar a atender o pedido maternal ao ver o valor que tem a oração do Rosário.

Read More

By

Dois lados da mesma medalha

É comum encontrarmos na natureza belezas opostas, porém harmônicas. É o encanto de um minúsculo beija-flor ou mesmo de uma joaninha que bem podem estar próximos a um imenso pinheiro ou a uma catarata como a de Iguaçu, ou tendo à noite um céu estrelado em que, de um pontinho brilhante a outro podem distar milhões de anos-luz.


Read More